Paróquia de São Vicente de Paulo

Terceiro Domingo do Tempo Comum


O evangelho refletido hoje é de Marcos 1, 14-20, onde nos mostra claramente o anúncio do Reino de Deus e a convocação de duas duplas de irmãos: Pedro e Tiago e João e André. Jesus diz no evangelho: “Convertei-vos e crede no evangelho”. Conversão é a palavra chave para a adesão ao Reino de Deus e à sua justiça. Infelizmente, o tema da conversão foi esvaziado, ao longo de nossa tradição cristã, por um discurso fortemente marcado pelo moralismo. A conversão, tema tão caro e tão rico, acabou por significar a entrada em um grupo religioso ou o abandono deste ou daquele vício. A conversão, porém, é o processo profundo de transformação, que dura à vida inteira. Nunca acabamos, de nos converter. A conversão cobrada por Jesus significa adesão à sua pessoa, não simplesmente à sua doutrina. Não é apenas adotar regras, cumprir ritos, frequentar a igreja. A conversão é experimentar ser amado pelo Pai, através de Jesus. É assumir a prática de Jesus como norma da vida. Não é um dever pesado que se cumpre com sacrifício para ganhar o céu. O convite de Jesus é fonte de alegria e está aberto a todos. É triste quando alguém se torna dono do caminho proposto por Jesus e se torna juiz da fidelidade dos que querem caminhar para Deus. É preciso desbloquear, a entrada do Reino, Jesus veio salvar. Quem é discípulo de Jesus é chamado a abrir caminhos de salvação. E o chamado de Jesus à conversão é um chamado que ressoa em todos os tempos, dirigido a todas as pessoas “de boa vontade”. Pode ocorrer as vezes, por levarmos uma vida religiosa regular, que tenhamos a pretensão de nos considerar já convertidos, e por isso pouca atenção damos ao seu chamado. Mera ilusão. O apelo à conversão se dá a cada dia; conversão é empenho quotidiano, e a cada instante de nossa.



existência somos questionados sobre nossas atitudes em relação aos irmãos, sobre nossa opção radical pela pessoa de Jesus Cristo e seu projeto. Como os primeiros discípulos foram chamados a responderem prontamente, também hoje a cada um de nós é dirigido este apelo para uma mudança de vida. E se é Jesus quem chama, é Ele também que nos ajuda no caminho.



Pe. Raimundo Neto
Pároco de São Vicente de Paulo

Mensagem

...Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.

Este é o primeiro e grande mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo...

Eventos