Paróquia de São Vicente de Paulo

Segundo Domingo da Quaresma - 2018

 

O trecho do evangelho refletido hoje (Marcos 9,2-10) é o ápice da revelação: Jesus declarado Messias por Pedro, revela aos seus discípulos, que ser Messias implica sofrer e que o homem, por si, não tem o senso das coisas de Deus. A incompreensão dos discípulos na transfiguração é ressaltada principalmente por Marcos. Só há um meio para compreender: ouvir Cristo e o confessar Filho de Deus.

Neste evangelho encontramos três momentos importantes: a) Jesus leva Pedro, Tiago e João para o alto da montanha esse transfigura diante deles. Jesus revela-lhes a glória. Por trás do sofrimento há vida e glória. b) Pedro gostou dessa realidade e pediu a Jesus para “ficar aqui”. Jesus, porém, o alerta, dizendo que ainda há muito o que fazer para que esta realidade bonita seja duradoura e permanente. c) Enquanto permanecia na montanha, uma voz vinda da nuvem diz que Jesus “é o Filho amado do Pai e é preciso escutar o que ele diz”. Há muitos momentos em que podemos ouvir a voz de Jesus: nas celebrações comunitárias, no apelo dos pobres, na natureza e nos acontecimentos da vida.

Mensagem: Ao nos propor a transfiguração de Jesus, neste 2º Domingo da Quaresma, a Igreja quer nos lembrar que, se na nossa vida temos que enfrentar muitas cruzes, temos também a certeza de que fomos criados para uma realidade muito maior. A transfiguração, ao revelar a glória de Deus que na pessoa de seu Filho, reforça a fé dos discípulos diante dos momentos dolorosos que virão, animar a caminhada das primeiras comunidades nos momentos de dificuldade. Do mesmo modo, a transfiguração lembra a peregrinação de todo cristão na sua caminhada de fé. Jesus mostra aos discípulos que a verdadeira alegria está na missão do dia-a-dia. Glória e cruz não são realidades antagônicas. Ele antecipa a alegria àqueles que o seguem. Revela-se como luz que ilumina e esclarece tudo o que está debaixo do manto nas trevas.

Neste domingo somos convidados a subir com Jesus à montanha e, na companhia de Pedro, Tiago e João vivermos a alegria da comunhão e da missão com Ele.


Pe. Raimundo Neto
Pároco de São Vicente

 

Mensagem

...Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.

Este é o primeiro e grande mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo...

Eventos