Paróquia de São Vicente de Paulo

Exercícios espirituais para o tempo do Advento

 

 

No próximo dia 02 de dezembro, começa o tempo do Advento e durante os quatro domingos que antecedem a celebração do Natal, data em que a Igreja festeja o nascimento do menino Jesus em Belém, prepara os fiéis para a renovação da fé em Jesus.

Para melhor vivenciar este período, o Setor Universidades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) propõe um retiro espiritual, chamado “Exercícios Espirituais para o tempo do Advento”. A ideia é que o subsídio, que tem uma reflexão para cada dia das quatro semanas do tempo litúrgico, ajude a comunidade universitária (estudante, professor e colaborador) a fazer um encontro com Jesus Cristo, no tempo litúrgico do Advento.

 

“Tal experiência abrirá em sua vida espiritual um acesso diferenciado ao mistério do Natal. E você, de modo sereno e modesto, anunciará por palavras e por gestos que na humanidade de Jesus se encontra o sentido de nossa humanidade”, ressalta o arcebispo de Montes Claros (MG) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Cultura e  Educação da CNBB, dom João Justino de Medeiros Silva.

Segundo o Setor Universidades da CNBB, a proposta é favorecer um contato com o texto bíblico, fazer um exame de consciência, estimular a educação do pensar e sentir e momentos de meditação e contemplação.

 

“Oferecemos um caminho de oração que favorece estreitar a relação com Jesus Cristo. Por tal meio de oração, cada pessoa pode ouvir, ver com os próprios olhos, apalpar com as próprias mãos o Verbo da vida encarnado na própria história. A Vida manifestou-se:  nós a vimos e dela vos damos testemunho e vos anunciamos esta vida eterna (cf. 1 Jo 1, 1-2)”, afirma um dos autores da proposta, padre Jackson Alves de Carvalho.

 

De acordo com o assessor da comissão, padre Danilo Pinto: “Aquele que se dispõe a fazer o retiro espiritual terá a oportunidade de preparar melhor a sua interioridade para acolher o mistério do Natal em sua vida”.

 

O Advento

 

O Advento é tempo de alegria, espera e esperança. Um momento de forte mergulho na liturgia e na mística cristã. Neste período, há o despojamento das igrejas, é usada a cor roxa, não se canta o hino do Glória e as leituras ajudam a refletir sobre o mistério do Cristo que virá no final dos tempos.

 

O bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Armando Bucciol explica que a melhor preparação para este tempo é vivenciar atentamente às propostas da liturgia que, com riqueza de mensagens, vai conduzindo quem acolher o que a Palavra propõe.

 

“Aprenderemos a rever nossas expectativas, purificar nossos sonhos e projetos de salvação, tornar mais sóbria e essencial a nossa vida, e sermos, com a graça de Deus, capazes de tornar nossas vidas mais atentas a acolher o sentido da vida. Então, sim, quando chegar o Natal será repleto não tanto dos dons (pobres) do papai Noel, mas da riqueza simples e humilde do Filho de Maria, que é o Filho de Deus, Jesus, nosso Senhor”, afirma.

 

O Tempo do Advento marca o início do ano litúrgico e traz com ele, para o ano litúrgico de 2019 o ciclo de Leituras do Ano C, marcado pela leitura predominante do evangelho de São Lucas.

 

Mensagem

...Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.

Este é o primeiro e grande mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo...

Eventos